mães (e pais também)

 

} os arquivos

04/01/2003 - 05/01/2003
05/01/2003 - 06/01/2003
06/01/2003 - 07/01/2003
07/01/2003 - 08/01/2003
08/01/2003 - 09/01/2003
09/01/2003 - 10/01/2003
10/01/2003 - 11/01/2003
03/01/2004 - 04/01/2004
04/01/2007 - 05/01/2007
<< presente

} as mães (e os pais também)

anne
carla
catarina
filipe
isabel
margarida
rosa
rui
...

} os nossos blogs

a ervilha cor de rosa
cochinilha
fetal blog
monólogo
uma vista daqui
waltzing man
...

} O blog

mothern

} e os outros

blog de uma ervilha
loobylu
as desalinhadas
...

} alguns posts

fathern, é possível não ser um?
escolas e infantários
vacinas, registos e burocracias mil
ar livre
a roda das camas
acerca da inteligência

} passear

tempo
parques de monsanto
...

} cuidar

la leche league
...

} grávidas

calendário da gravidez
amigas do parto [.br]
...

} o indispensável

Saúde 24: 808242400

} o contacto

e-mail


quinta-feira, outubro 30, 2003

 
logo pela manhã lá encaminho os meus filhos para as respectivas escolas. tudo bem, eles gostam da escola, estão bem integrados, têm amigos e aprendem as díficeis artes do relacionamento interpessoal (além dos resto, é claro). nos próximos 20 anos é provável que a vida dos meus filhos continue centralizada à volta da escola. de repente, começo a achar que se calhar, é muito tempo, demasiado tempo. {

dito por isabel às 11:04:00 da manhã
}


quinta-feira, outubro 09, 2003

 
o outro problema alimentar que tenho cá em casa (não é bem um problema, mas enfim) é o apetite voraz do meu P. era um bebé no percentil 25 (os pais e mães sabem do que falo), e agora, aos 5 anos, está no percentil 100 (peso). que fazer? dieta aos 5 anos? cá em casa já não entram bolachas nem refrigerantes, mas quando ele me pede, depois de comer uma tijela de nestum, mais um bocadinho, sinto-me pessimamente por lho negar. {

dito por isabel às 11:29:00 da tarde
}


segunda-feira, outubro 06, 2003

 
a recusa da alimentação, numa criança, é uma das coisas mais perturbadoras que os pais têm que lidar. a minha filha, por ter comido uma maionese, passou dias e dias a vomitar, recusando qualquer alimento, que não água e chá. perdeu quase 5 quilos (o que em 23 que ela pesava, é muito, muitíssimo). um grande tormento para ela, um grande desespero para mim.

{

dito por isabel às 11:29:00 da tarde
}